A UTILIZAÇÃO DO PARTOGRAMA PELA ENFERMAGEM NO TRABALHO DE PARTO SEM DISTOCIA
DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.2813

Marcia Jaqueline LIMA, Amélia Rezende LEITE, Verusa Fernandes DUARTE, Eguimara Souza Borges FERNANDES, Natália Teixeira FERNADES

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo identificar e discutir o estado da arte sobre as publicações na utilização do partograma pela enfermagem no trabalho de parto sem distócia. Trata-se de uma pesquisa integrativa realizada através de bases de dados, observando os aspectos metodológicos e a familiaridade entre os resultados encontrados, nos permitiu elaborar as categorias: A utilização inadequada do partograma pelo enfermeiro durante trabalho de parto normal sem distorcia e a importância da utilização do partograma no trabalho de parto. Na primeira categoria mostrou que 404 partos normais foram calculados com base em uma estimativa da existência do partograma em apenas 20% dos prontuários, com precisão de 4%, espaço de confiança de 95% e com perdas estimadas de 5%. E na segunda constatamos que diversos estudos têm mostrado a importância do partograma tanto para o diagnóstico das alterações da evolução do trabalho de parto, como para a efetivação de intervenções em tempo hábil, garantindo o bem-estar materno-fetal. O partograma se configura um excelente instrumento norteador na assistência a mulher no trabalho de parto e direcionamento a tomada de decisões para que seja feita as intervenções necessárias, mas a pesquisa mostra que apesar da sua importância é pouco utilizado ou utilizado de forma incompleta comprometendo assistência a mulher no processo de trabalho de parto. Palavras-chaves: enfermagem, partograma, parto.


Palavras-chave


enfermagem, partograma, parto.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.2813

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

 Resultado de imagem para periodicos capes   Latindex    Harvester    Ibict      Pkp

 

 

Sumarios   DOAJ   LivRe   Dialnet

 

EBSCO   Funadesp 

 

Resultado de imagem para crossref

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362