ESTADO FUNCIONAL PATERNO: uma revisão integrativa da literatura
DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.3071

Sónia Santos COELHO

Resumo


Este artigo consiste numa revisão integrativa da literatura existente centrada na temática “estado funcional paterno”. A pesquisa realizou-se nas bases dados EBSCO e SCIELO recolhendo-se artigos pertinentes referentes ao período de 2000-2013. O objetivo desta revisão é analisar os estudos de investigação mais recentes acerca da temática do estado funcional paterno. A crescente participação do pai nos cuidados aos seus filhos tem-se demonstrado evidente, no entanto, mais investigação nesta área necessita de ser feita para que um investimento na preparação dos pais para a parentalidade. Contudo, os profissionais de saúde devem investir nos futuros pais de forma a incentivá-los a negociarem as atividades a desenvolver em casa, nos cuidados às crianças e ao recém-nascido para que os homens se tornarem envolvidos nos cuidados aos filhos, nomeadamente ao recém-nascido.


Palavras-chave


Estado Funcional Paterno; The Inventory of Functional Status- Father; Parentalidade; Enfermagem; Família.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.3071

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

 Resultado de imagem para periodicos capes   Latindex    Harvester    Ibict      Pkp

 

 

Sumarios   DOAJ   LivRe   Dialnet

 

EBSCO   Funadesp 

 

Resultado de imagem para crossref

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362