PRÁTICAS DE GESTÃO RELATIVAS À SOCIEDADE EM UM HOSPITAL FILANTRÓPICO: responsabilidade social corporativa ou atendimento a requisitos legais?
DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.3128

Jocias Maier ZANATTA, Martinho Luis KELM, Daniel Knebel BAGGIO

Resumo


As práticas de Responsabilidade Social Corporativa - RSC são crescentes nas organizações e tem ganho destaque no cenário mundial, sendo adotada como estratégia de negócio. Em contraponto observa-se a exigência de atendimento a requisitos legais e a adoção de programas de qualidade para fomentar as melhores práticas de gestão. Este artigo busca analisar as práticas de gestão de um hospital filantrópico exigidas para atendimento do critério de sociedade do Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade – PGQP, e fazer uma reflexão destas práticas quanto a sua classificação em RSC ou atendimento a requisitos legais. O estudo de caso teve como premissa a pesquisa documental no relatório de gestão da instituição, pesquisa bibliográfica e pesquisa em artigos científicos. Com a pesquisa concluiu-se que as práticas adotadas, em relação a sua classificação, representam 50% RSC, 33% atendimento a requisitos legais e 17% não se enquadram nesta classificação proposta.


Palavras-chave


Programa gaúcho de qualidade e produtividade. Práticas de gestão. Responsabilidade social corporativa. Requisitos legais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.3128

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

 Resultado de imagem para periodicos capes   Latindex    Harvester    Ibict      Pkp

 

 

Sumarios   DOAJ   LivRe   Dialnet

 

EBSCO   Funadesp 

 

Resultado de imagem para crossref

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362