ESTUDO DE CASO EM UMA FAZENDA-ESCOLA DO SUL DE MINAS GERAIS

Wanêssa Tavares Campos Corsini, Fábio dos Santos Corsini, Thamiris Lentz de Almeida Coelho, Marina Ariente Angelocci, Fernando Ferrari Putti

Resumo


Em um mercado extremamente competitivo, qualquer ação que gere melhorias nos processos de uma empresa é de grande valia. Buscando melhorar o gerenciamento de seus estoques, a Toyota lançou a metodologia Kanban que, por meio de seus resultados e sua simplicidade de utilização, acabou sendo adaptada para utilização em diversas áreas de gerenciamento. A empresa também realizou a transição de rotina para dias de trabalho mais curtos, possibilitando melhor produtividade dos funcionários. Seguindo essa linha, uma fazenda-escola em Machado, Sul de Minas Gerais, optou por implementar esta metodologia em vários setores da área administrativa e também a redução da jornada de trabalho de 8 para 6 horas diárias. Por meio de entrevistas com os funcionários da fazenda-escola, o estudo identificou que o Kanban é uma metodologia simples que pode trazer diversos benefícios quando implantada. Em relação a redução da jornada de trabalho foi possível identificar um aumento na produtividade e benefícios proporcionados aos profissionais da fazenda-escola. 


Palavras-chave


Ferramentas de gestão. Kanban. Métodos de gerenciamento. Otimização de processos. Redução da jornada de trabalho.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v16i1.3302

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

EBSCO Funadesp

Resultado de imagem para crossref

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362