EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE DO TRABALHADOR: PERSPECTIVAS PARA O CUIDADO DE ENFERMAGEM

Mikael Lima Brasil, Laís Vasconcelos Santos

Resumo


Compreende-se o mundo do trabalho como um contexto amplamente desenvolvido para se tornar cenário de práticas de Educação Popular em Saúde, uma vez que se apresenta também na construção de um ambiente fundamentado na ótica dos movimentos sociais. Assim, objetivou-se refletir as perspectivas da educação popular em saúde do trabalhador sob a ótica do cuidado de enfermagem. Realizou-se uma Revisão Integrativa de Literatura tendo como lócus de pesquisa a Biblioteca Virtual em Saúde que produziu uma amostra de 8 trabalhos que foram analisados minuciosamente e refletidos sob a ótica da abordagem qualitativa. As potencialidades do cuidado de enfermagem podem ser dimensionadas pela viabilidade de um leque de práticas que se colocam à disposição da clientela para qualificar a assistência em saúde e, consequentemente, diminuir riscos e aumentar benefícios para os usuários, também, quando trata-se da saúde do trabalhador. Compreender a necessidade da Educação Popular em Saúde como ferramenta fundamental para o fortalecimento de vínculo entre profissional de enfermagem e usuário torna-se ferramenta substancial da superação de vieses, como a inexistência de atividades que despertem no trabalhador o conhecimento de suas necessidades e a procura por melhorias para a sua condição de saúde.

 



Palavras-chave


Educação Popular em Saúde. Saúde do Trabalhador. Cuidado. Enfermagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v16i1.3317

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

 Resultado de imagem para periodicos capes   Latindex    Harvester    Ibict      Pkp

 

 

Sumarios   DOAJ   LivRe   Dialnet

 

EBSCO   Funadesp 

 

  Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362