ASSOCIAÇÃO DO ÍNDICE DE MASSA CORPORAL, FORÇA MUSCULAR E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE IDOSAS PRATICANTES DE HIDROGINÁSTICA
DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.3352

Daniel Vicentini de OLIVEIRA, Mateus Dias ANTUNES, Denner JÚNIOR LEITE, Daniel Eduardo da Cunha LEME, José Roberto Andrade do NASCIMENTO JÚNIOR

Resumo


O objetivo do presente estudo foi analisar a associação do Índice de Massa Corporal (IMC), força muscular (FM) e o nível de atividade física (NAF) de idosas praticantes de hidroginástica. Metodologia: estudo transversal, realizado com 110 idosas com idade entre 60 e 80 anos, praticantes de hidroginástica. As participantes foram avaliadas em relação ao peso corporal, IMC, FM em membros superiores por meio do Teste de flexão de cotovelo, e membros inferiores pelo Teste Levantar e Sentar na cadeira em 30 segundos, além de variáveis demográficas e socioeconômicas. O NAF foi mensurado por meio do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ), versão curta. Resultados: do total de idosas avaliadas, 29,1% foram classificadas com FM fraca de membros inferiores. A maioria (77,3%) foi considerada ativa ou muito ativa em relação ao NAF. O IMC (p = 0,002) e a FM de membro inferior (p = 0,007) associaram-se ao NAF, sendo que nas idosas ativas o IMC foi elevado, enquanto que o nível de FM em membros inferiores foi fraco/muito fraco nas idosas ativas ou muito ativas. Conclusão: Existe associação inversa do NAF com a FM de membros inferiores de idosas praticantes de hidroginástica, indicando que idosas ativas e muito ativas possuem FM fraca/muito fraca. 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.3352

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

 Resultado de imagem para periodicos capes   Latindex    Harvester    Ibict      Pkp

 

 

Sumarios   DOAJ   LivRe   Dialnet

 

EBSCO   Funadesp 

 

Resultado de imagem para crossref

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362