A INCIDÊNCIA E A EFICÁCIA DA VACINA CONTRA O HPV EM HOMENS NA AMÉRICA DO SUL
DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i2.3728

Vitória Monteiro da Luz CAMARGO, Carla Marconi CORRÊA, Tais Aparecida SILVA, Raiza Ferraz SILVEIRA, Luiz Henrique Ledesma PEREIRA5, Laura Ferreira de REZENDE

Resumo


A avaliação do HPV em homens em relação a incidência e a aplicação de vacinas são assuntos recorrentes, pois a última administração em jovens evita de forma significativa a manifestação clínica das estirpes virais mais frequentes, sendo o HPV 6, 11, 16 e 18 e assim reduz as consequências dessa DST que podem muitas vezes ser assintomática e permitir a transmissão para homens e mulheres. Desenvolveu-se um estudo de revisão correlacionando a incidência do HPV em homens e a eficácia da vacina para esse gênero na América do Sul. A hipótese, embasada em artigos científicos relata que o vírus é o desencadeador de doenças como verrugas genitais, carcinoma de pênis, neoplasias de pênis e câncer anal e de orofaringe. Esse estudo foi embasado nas bases de dados Pubmed e Scielo, no qual foi levantado as idades, ocorrências de infecção e a aplicação da vacina como forma de prevenção.

Palavras chaves: Papillomaviridae. Men. Vaccine. HPV. Incidence.


Palavras-chave


Papillomaviridae. Men. Vaccine. HPV. Incidence.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i2.3728

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

 Resultado de imagem para periodicos capes   Latindex    Harvester    Ibict      Pkp

 

 

Sumarios   DOAJ   LivRe   Dialnet

 

EBSCO   Funadesp 

 

  Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362