EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Marco Aurélio Diniz Maciel, Márcia Aparecida Andreazzi, Carlos Barros Junior, Maria de Los Angeles Perez Lizama, José Eduardo Gonçalves

Resumo


A mudança climática é acelerada pelas emissões de gases de efeito estufa e o setor da construção civil contribui com um terço destas emissões, por isso, este setor deve avaliar a origem e calcular as emissões buscando a mitigação de seus efeitos. O objetivo deste estudo foi comprovar, por meio de um inventário na construção de um edifício comercial, que o projeto elaborado e praticado resultou em mitigação destas emissões.Com base nos resultados encontrados concluiu-se que a emissão total de GEE na obra avaliada foi de 907.049,93 kg CO2 em uma área total da construção de 10.987 m². Estes dados resultaram em uma emissão de 82,56 kgCO2/m², valor inferior aos reportados na literatura. Considera-se como contribuição importante para esta redução, o uso de divisórias internas de gesso acartonado e a grande quantidade de painéis de Structural Glazing, em substituição à alvenaria tradicional, comprovando a importância da elaboração de projetos que primem pela sustentabilidade econômica e ambiental.


Palavras-chave


Aquecimento global. Construções sustentáveis. Edificações. Emissões de CO2. Mudanças climáticas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v16i1.3755

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

EBSCO Funadesp

Resultado de imagem para crossref

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362