PERCEPÇÃO SOBRE A EXISTÊNCIA DE TRABALHO INTERDISCIPLINAR EM ESTRATÉGIAS SAÚDE DA FAMÍLIA DA CIDADE-SEDE DA 5ª REGIONAL DE SAÚDE DO PARANÁ

Patrícia Chiconatto, Vania Schmitt, Luana Bernardi, Mário Umberto Menon, Daiana Novello

Resumo


O objetivo da pesquisa foi avaliar a percepção da existência de trabalho interdisciplinar entre profissionais de Estratégias de Saúde da Família (ESF) da cidade-sede da 5ª Regional de Saúde do Paraná, Brasil. Foram avaliados 214 profissionais de ambos os gêneros. O diagnóstico da interdisciplinaridade foi verificado por meio de um questionário validado. A percepção de interdisciplinaridade foi estatisticamente significativa para os profissionais com ensino superior, com tempo de exercício profissional na instituição menor que 5 anos, para aqueles que afirmaram presença de trabalho coletivo/em equipe, existência de reuniões multiprofissionais e planejamento das ações em saúde, e para aqueles que mencionaram que o trabalho na ESF propicia novas aprendizagens. Houve associação entre existência de trabalho interdisciplinar e escolaridade, existência de trabalho coletivo/em equipe e o trabalho na ESF propicia novas aprendizagens. As avaliações contribuem diretamente para o aprimoramento do trabalho interdisciplinar em ESF, considerando-se a importância da interdisciplinaridade para o trabalho em saúde.


Palavras-chave


Estratégia Saúde da Família. Integração Comunitária. Pesquisa Interdisciplinar. Pessoal de saúde. Políticas Públicas de Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v16i1.3768

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

 Resultado de imagem para periodicos capes   Latindex    Harvester    Ibict      Pkp

 

 

Sumarios   DOAJ   LivRe   Dialnet

 

EBSCO   Funadesp 

 

  Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362