LABORATÓRIO DE LOGÍSTICA: testando o tradeoff de compras
DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.4017

Marco Aurélio Carino BOUZADA

Resumo


Será que empresas que compram matéria-prima em maiores quantidades têm mesmo menores custos de aquisição e maiores custos de estocagem, como prega a teoria? Esta pesquisa teve como objetivo testar a relação entre o lote médio de aquisição, os custos de aquisição e de estocagem e o desempenho das empresas gerenciadas por participantes de um Jogo de Logística. A revisão de literatura envolveu os seguintes assuntos: lote econômico de compras, custos de manutenção de estoques e de aquisição e o tradeoff de compras. Para testar a questão de pesquisa, foi realizada uma análise de correlação múltipla entre as quatro variáveis de pesquisa. Os principais resultados (lotes maiores não impactando os custos de aquisição e de estocagem e nem o desempenho final das empresas) foram comparados às conclusões teóricas encontradas na literatura. Apesar das limitações metodológicas mencionadas, as considerações finais alertam que os resultados da pesquisa podem e devem ser levados em conta, pois lançam uma luz a respeito de alguns modelos teóricos, ora verificando-os, ora refutandoos, contribuindo para um melhor entendimento dos mesmos.


Palavras-chave


Jogos de Empresa. Logística. Laboratório de Logística. Compras. Tradeoff de Compras.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.4017

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

 Resultado de imagem para periodicos capes   Latindex    Harvester    Ibict      Pkp

 

 

Sumarios   DOAJ   LivRe   Dialnet

 

EBSCO   Funadesp 

 

Resultado de imagem para crossref

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362