ORAL HAIRY LEUKOPLAKIA: a case report and a review of literature
DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.4019

Mariela Dutra Gontijo de MOURA, Soraya de Mattos Camargo GROSSMANN, Ricardo Alves MESQUITA, Nicole Dias LOSCHI, Sérgio Ricardo MAGALHÃES

Resumo


Leucoplasia pilosa oral (LPO) é uma doença associada com o vírus de Epstein-Barr e infecções pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV). LPO é geralmente uma lesão assintomática e aparece como uma placa branca na borda lateral da língua, com superfície plana, ondulada ou com presença de pêlos, o que não é destacável quando raspado. Em alguns casos, o tratamento é recomendado para restabelecer as características normais da língua, para eliminar microorganismos patogênicos, proporcionando conforto ao paciente e por razões estéticas. O presente relatório descreve um LPO unilateral em um paciente do sexo masculino de 45 anos de idade, afetado pelo HIV. Depois da ausência de resposta ao tratamento antifúngico com fluconazol, 50 mg / dia durante 7 dias, a citologia exfoliativa foi relaizada para confirmar o diagnóstico. Com estes resultados e correlação com as características clínicas das lesões e testes sorológicos (HIV positivo), o diagnóstico final foi LPO. O artigo também resume o estado atual do conhecimento sobre a patogênese da LPO, sua relação com o vírus Epstein-Barr, e as opções de tratamento.


Palavras-chave


AIDS. Infecção por HIV. Leucoplasia pilosa oral. Vírus de Epstein Barr.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v15i1.4019

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

 Resultado de imagem para periodicos capes   Latindex    Harvester    Ibict      Pkp

 

 

Sumarios   DOAJ   LivRe   Dialnet

 

EBSCO   Funadesp 

 

Resultado de imagem para crossref

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362