ESTUDO FITOQUÍMICO E ANÁLISE DAS ATIVIDADES CITOTÓXICA E ANTIBACTERIANA DAS FLORES MASCULINAS DE Carica sp.

Tiago Barcelos Valiatti, Izabel Bárbara Barcelos, Richard da Silva Pereira Calazans, Andressa Nayara Degen, Alexandra Luiza Silva Bulian, Fabiana de Oliveira Solla Sobral, Jeferson de Oliveira Salvi

Resumo


O uso plantas medicinais constitui-se em algo rotineiramente praticado por grande parcela da população como forma de tratamento. O gênero Carica sp conhecido popularmente como mamoeiro é uma das plantas utilizadas com finalidade terapêutica. Frente a isso, o presente estudo teve como objetivo identificar os metabólitos secundários e avaliar as atividades citotóxica e antibacteriana das flores masculinas de Carica sp. As flores estudadas foram obtidas em uma feira livre do município de Ji-Paraná, Rondônia.  Para o estudo preparou-se os extratos aquoso e hidrometanólico das flores frescas nas concentrações de 500 mg/mL; 250 mg/mL, 125 mg/mL; 62,5 mg/mL e 31,25 mg/mL. Logo após, se realizou a identificação qualitativa dos fitoquímicos, o teste de letalidade frente aos microcrustáceos Artemia salina para determinação da dose letal 50 (DL50) e a atividade antibacteriana frente às cepas de Shigella sp, Escherichia coli e Staphylococcus aureus. Os resultados demonstraram a presença de flavonoides; cumarinas; saponinas; antraquinonas; triterpenos e alcaloides. Com relação a determinação da citotoxicidade, observou-se 100% de letalidade nas concentrações testadas, o que inviabilizou o cálculo da DL50. As flores analisadas apresentaram atividade antimicrobiana para os três microrganismos estudados somente no extrato hidrometanólico nas concentrações de 250 e 500mg/mL. Conclui-se que as soluções hidrometanólicas das flores do gênero Carica sp apresentaram citotoxicidade seletiva para todas as espécies de bactérias estudadas. No entanto, devido à diversidade de fitoquímicos identificados, se sugere que o potencial biológico continue a ser investigado considerando concentrações e métodos distintos.


Palavras-chave


Prospecção. Metabólitos secundários. Carica sp. Artemia salina. Atividade antibacteriana.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v16i2.4377

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

EBSCO Funadesp

Resultado de imagem para crossref

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362