EFEITOS DA SIMPATECTOMIA NA QUALIDADE DE VIDA: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Nathália Campos Rodrigues

Resumo


A hiperidrose é um problema comum na população e é caracterizada pela produção excessiva de suor em diversas regiões do corpo como axilas, mãos, pés e face. Ela afeta a qualidade de vida em diversos aspectos como em relações interpessoais, de trabalho e também na satisfação pessoal com o bem estar e a estética. A simpatectomia ocorre com a remoção cirúrgica de um nervo simpático principal e é a cirurgia de escolha para a melhora da hiperidrose. Desenvolveu-se um estudo de revisão correlacionando o impacto na qualidade de vida antes e após a simpatectomia em pacientes com hiperidrose primária. Os resultados apresentados, embasados em artigos científicos, relatam uma grande melhora na qualidade de vida na maioria dos pacientes após a cirurgia, porém a sudorese compensatória é presente em uma grande parcela destes. A revisão apresentada foi feita a partir da seleção e análise de artigos e estudos realizados de acordo com o tema escolhido, encontrados nas bases de dados PubMed, Medline, Lilacs e Scielo. Foram comparados diversos artigos que apresentavam divergências na técnica cirúrgica e nos resultados quantitativos de melhora da sudorese com a simpatectomia. Ficou evidenciado que a cirurgia melhora a hiperidrose e a qualidade de vida dos pacientes mesmo que estes possuam sudorese compensatória após a simpatectomia.

Palavras-chave


Simpatectomia. Hiperidrose. Qualidade de vida. Sudorese compensatória. Pós-cirurgia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v17i2.4993

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362