DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA SEVERIDADE DA BRUSONE DO TRIGO CORRELACIONADA COM A FERTILIDADE DO SOLO E PRODUÇÃO

Jeferson Arantes Braz, Aurivan Soares de Freitas, Wezer Lismar Miranda, Luidson Costa Silva, Natanael Henrique de Lacerda, Alexandre Tourino Mendonça

Resumo


O objetivo desse trabalho foi analisar a distribuição espacial da severidade da brusone do trigo e verificar sua relação com a fertilidade do solo e a produção, utilizando a geoestatística. A área experimental compreendeu de 19.500 m2, onde foram georreferenciados 42 pontos, espaçados em malha retangular de 20 x 20 m. Foram avaliadas em cada ponto, a fertilidade do solo, a severidade da brusone e a produção do trigo. Realizaram-se cinco avaliações da severidade da doença com auxílio de escala diagramática e os dados foram integrados em área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD). Houve correlação negativa entre a produção e a AACPD, ou seja, o aumento da severidade da brusone influenciou a redução na produção de trigo. Os resultados desse estudo poderão ajudar a controlar a brusone de forma mais eficaz, com aplicação direcionada de fungicidas. Portanto, a geoestatística poderá contribuir na redução da contaminação humana e ambiental, e contribuir com a sustentabilidade da produção.


Palavras-chave


Pyricularia grisea. Magnaporthe grisea. Triticuma estivum. Geoestatística. Nutrição mineral.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v16i2.5021

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

EBSCO Funadesp

Resultado de imagem para crossref

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362