Ansiedade em profissionais que trabalham com pacientes oncológicos

Adriana Ramos da Rocha, Flávio Maurício Santos Pereira Júnior, Fernanda Cardoso Rocha, Gregório Ribeiro Andrade Neto, Henrique Andrade Barbosa, Cláudia Danyella Alves Leão Ribeiro

Resumo


A oncologia é um setor que apresenta condições estressantes e de ansiedade, exigindo dos profissionais elementos diferenciais de atuação que possam favorecer o bem-estar do paciente e de sua família. O diagnóstico de câncer dos pacientes provoca nos profissionais de saúde um conflito de sentimentos entre o paradigma de morte e cura, despertando a ansiedade nos profissionais que são responsáveis pelo tratamento do doente Este trabalho visa avaliar a ansiedade em profissionais da saúde que trabalham com pacientes oncológicos.Trata-se de uma pesquisa descritiva, analítica, transversal de prevalência e de caráter quantitativo realizada nos serviços de oncologia nos hospitais em uma cidade no norte de Minas Gerais. O estudo revelou que 63,5% dos participantes não possuem sintomas da ansiedade, 23,1% dos profissionais têm sintomas leves a moderados, 7,7 % apresentam gravidade nos sintomas e 5,8% foram classificados com ansiedade. Pode-se concluir a presença de um número significativo de profissionais que apresentam sintomas da ansiedade tornando necessários mais estudos que busquem avaliar mais de perto esses profissionais para que possam ter um suporte multiprofissional especializado precocemente.

 




DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v1i18.5079

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362