PRÁTICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DO RIO GRANDE DO SUL

Caroline da Rosa, Patricia Rodrigues da Silva, Daniel Knebel Baggio

Resumo


O presente estudo tem como objetivo identificar as práticas de governança corporativa adotadas em uma Instituição Comunitária de Ensino Superior do Rio Grande do Sul. Para tanto, utilizou-se da metodologia dos 8 Ps, proposta por Rossetti e Andrade (2012), que permite identificar, em oito dimensões (propriedade, princípios, propósitos, papéis, poder, práticas, pessoas e perpetuidade), hiatos em relação a situações desejáveis dos sistemas de governança. Os dados foram obtidos por meio da aplicação de 30 questionários com coordenadores de curso, professores e colaboradores da área administrativa e foram tabulados e interpretados por meio de estatística descritiva. Constatou-se que, na instituição estudada, há um pequeno hiato entre os interesses da mantenedora e da mantida; fortes valores organizacionais, porém pouco disseminados; e práticas que, embora contribuam para a eficácia organizacional, possuem pontos a melhorar. As melhores práticas dizem respeito a ações para garantir a perpetuidade da organização. Porém, o maior hiato encontra-se na gestão de pessoas, que, por sua vez, é fundamental para o desenvolvimento da organização. 


Palavras-chave


Governança Corporativa. Instituições de Ensino Superior. Hiatos. Situações desejáveis. Práticas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v17i2.5100

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362