POLÍTICA INDUSTRIAL, INVESTIMENTO DIRETO EXTERNO E OS TRANSBORDAMENTOS DE PRODUTIVIDADE: UMA ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA

Rafaela Maiara Caetano, Sheldon William Silva, Dany Flavio Tonelli, Cristina Lelis Leal Calegario, Gideon Carvalho de Benedicto

Resumo


Uma pesquisa recente sobre política industrial mostrou que nos últimos cinco anos, pelos menos 84 países – tanto desenvolvidos quanto em desenvolvimento, adotaram estratégias formais de desenvolvimento industrial, sugerindo que as políticas industriais se tornaram presentes na conjuntura econômica mundial atual (UNCTAD, 2018). O objetivo deste artigo consiste na revisão bibliométrica dos estudos que contemplam esta temática, fazendo as devidas conexões com os principais autores ligados a esta linha de pesquisa, bem como redes de coautoria e colaboração, redes de colaboração entre países. Como método de pesquisa apresenta-se uma análise bibliométrica com a finalidade de identificar uma amostra da produção científica sobre o tema em questão. Os resultados encontrados demonstram que a rede de autores e coautores encontrada está de acordo com o referencial teórico apresentado, bem como as formulações teóricas principais. Um ponto a se destacar é que mesmo em se tratando de pesquisas cujo campo de aplicação se dá em países em desenvolvimento, a rede de autores e países (com exceção da China) ainda se concentra nos países ricos.

Palavras-chave


Política Industrial; Investimento Direto Estrangeiro; Países em Desenvolvimento; Transbordamento; Economia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v16i2.5153

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362