RISCO DE QUEDAS ENTRE IDOSOS FREQUENTADORES DE UMA CLINICA ESCOLA DE FISIOTERAPIA

Ana Crisitina Cristina Soares Aguiar, Ednalva Xavier Xavier Lopes

Resumo


Introdução: O envelhecimento pode ser compreendido como um processo dinâmico e progressivo, no qual há diminuição da capacidade de adaptação homeostática às circunstâncias de sobrecarga funcional, gerando as quedas. As quedas podem ser compreendidas como graves e com consequências psicológicas e físicas, envolvendo lesões, perturbação da mobilidade, medo de cair novamente, restrição de atividades, declínio funcional e hospitalizações. Objetivo: Avaliar o risco de quedas em idosos frequentadores da clínica escola de Fisioterapia das Faculdades Unidas do Norte de Minas – FUNORTE. Metodologia: Trata-se de pesquisa quantitativa, com abordagem descritiva, transversal e exploratória. Foi realizado por meio da coleta de dados através de uma entrevista semi-estruturada e para classificar a flexibilidade funcional, equilíbrio e mobilidade dos idosos, o teste o Timed and Up Go Test. Resultados: a média de idade foi de 62 anos e com maior predominância do sexo feminino. Podemos perceber que a grande maioria dos idosos sofreu queda nos últimos 12 meses, tendo como consequência algum tipo de lesão. Conclusão: Os resultados da pesquisa evidenciam que um dos fatores que está relacionada à propensão das quedas é a questão da mobilidade funcional e o equilíbrio. O risco de quedas em idosos aumenta com o avançar da idade e a prevenção é importante no sentido de diminuir os problemas secundários consecutivos as quedas.

 

Palavras-chave: Quedas em idosos. Fatores de risco e quedas. População idosa e quedas.

 


Palavras-chave


Quedas em idosos. Fatores de risco e quedas. População idosa e quedas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v17i2.5164

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362