FAIXA FOLIAR ESTIMADA DE MACRONUTRIENTES PARA PLANTAS DE CASTANHEIRA-DO-BRASIL

JOAO BATISTA DIAS DAMACENO, ANA CECÍLIA NINA LOBATO, Danielle Monteiro de Oliveira

Resumo


O adequado suprimento de nutrientes para a Castanheira-do-Brasil (Bertholletia excelsa) facilita seu manejo para fins econômicos ou ecológicos. Entretanto, a carência de faixas de suficiência para os teores foliares de macronutrientes primários e secundários dificultam a interpretação da exigência da cultura. Assim, o objetivo deste estudo é nortear futuras pesquisas com esta espécie sobre a faixa dos teores de nutrientes foliares mais verificados na literatura especializada. O estudo baseado em oito trabalhos com B. excelsa de idade e foco do estudo distintos, sendo analisados através de estatística descritiva com os seguintes parâmetros (Média e Desvio padrão). As faixas foram definidas conforme a Média dos teores mínimos e máximos verificados entre os autores e os valores foram estimados em baixos, normais e altos para cada nutrientes. Houve grande variação entre os valores de macronutrientes obtidos pelos autores. O maior acumulo em folhas de  B. excelsa observado foi o de nitrogênio. Os acúmulos de nutrientes nas folhas de  B. excelsa obedecem a seguinte ordem:  N > K > Ca > Mg > S > P.


Palavras-chave


Nutrição, Exigência, Florestais. Macronutrientes. Nativa.



DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v1i18.5252

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362