UMA GESTÃO PARTICIPATIVA EM UMA DEMOCRACIA REPRESENTATIVA: AS LIMITAÇÕES DA IDEIA DE PARTICIPAÇÃO NA GESTAÇÃO ESCOLAR DE HELOISA LÜCK

Zionel Santana

Resumo


O objetivo deste artigo é discutir à ideia de democracia e participação na gestão educacional democrática. Participação e democracia, são dois conceitos pertinentes que ainda precisar ser aclarado nos textos de Lück. Portanto, o que se entende por participação, e ao mesmo tempo, quais são as referências sobre democracia e a sua utilização na associação com a ideia de participação escolar. Deste modo, são conceitos que pressupõe esclarecimentos quando aproximamos de algumas variáveis, tais como:  poder, interesse e manipulação na relação dos sujeitos envolvidos na gestão democrática escolar. Por conseguinte, esses temas são abordados a partir das contribuições de Weber, Arendt e Follett e ao mesmo tempo os contrapõem a Lück em seus textos sobre gestão educacional democrática.


Palavras-chave


Gestão Escolar; Democracia; Participação; Poder.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v17i1.5631

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362