DOR, ÍNDICE DE CAPACIDADE PARA O TRABALHO E APTIDÃO MOTORA EM ATLETAS DE HANDEBOL

Vanessa Weber Denardini, Laércio André Gassen Balsan, Luciane Sanchotene Etchepare Daronco

Resumo


A capacidade para o trabalho, a aptidão motora e a ausência de dor nos atletas são fatores que contribuem para o seu sucesso em quadra. Nesse sentido, esse artigo objetivou verificar a dor, o Índice de Capacidade para o Trabalho e a aptidão motora de atletas de handebol. Trata-se de estudo de caso exploratório de caráter quantitativo. A amostra foi composta por 18 atletas da equipe adulta de Handebol da Universidade Luterana do Brasil, sediada em Santa Maria/RS. Participaram voluntariamente atletas que há no mínimo dois anos disputavam em campeonatos estaduais. Quase totalidade dos atletas disse não sentir dor (80,32%). O local em que mais percebiam a dor era a região lombar. A dor mais presente é a perceptível nível 3 e poucos atletas referiram sentir dores intensas. Em relação ao tipo de lesão, a grande maioria apontaram lesões nos ombros com predomínio das lesões ligamentares. Também se verificou que os atletas possuem boa capacidade para o trabalho e em sua maioria não sofrem com dores. O membro mais afetado por lesões foi o ombro. Esse resultado não corrobora a literatura que indica que os membros mais afetados são joelho, tornozelo, mãos e dedos, superando o ombro. Em relação às demais capacidades físicas analisadas os atletas se mostraram bem fisicamente. Apesar das limitações, esta pesquisa apresenta um assunto de grande importância. Sendo assim, espera-se que a mesma sirva de base para outras investigações que poderão elucidar e analisar os objetos de estudo aqui não explorados.


Palavras-chave


Aptidão motora. Dor. Handebol. Índice de Capacidade para o Trabalho. Lesões.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v17i2.5679

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362