O eSOCIAL NA PRÁTICA TRABALHISTA DE EMPREGADORES DOMÉSTICOS: UM ESTUDO DOS REFLEXOS NOS ESCRITÓRIOS CONTÁBEIS

Letícia Limberger, Ana Cristine Heinen, Clari Schuh, Marco Aurélio Batista de Sousa

Resumo


O estudo objetivou analisar os reflexos do eSocial na prática trabalhista para empregadores domésticos em escritórios de contabilidade. Trata-se de uma pesquisa descritiva e qualitativa, desenvolvida no formato de estudo de casos múltiplos, cuja amostra foi por acessibilidade em cinco escritórios de contabilidade, localizados na região do Vale do Rio Pardo, Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas com os responsáveis pela execução da folha de pagamento e o com responsável pelo planejamento estratégico destes escritórios. Os principais achados indicam uma preocupação com a adoção dos novos procedimentos, os quais necessitam de adaptação frente a questões culturais de tempestividade envolvendo empregado e empregador, e a falta de suporte para resolver os erros do sistema.

 


Palavras-chave


eSocial na prática trabalhista. Empregador doméstico. Escritório contábil. Vale do Rio Parto. Rio Grande do Sul.



DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v1i18.5759

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362