AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIBACTERIANA DO MONOTERPENO (S)-(-)-CITRONELAL CONTRA CEPAS DE PSEUDOMONAS AERUGINOSA

Raquel Vieira Bezerra, Flávia Bruna Ribeiro Batista, José Lucas Soares Ferreira, Joyce Natielle Miranda Cavalcante, Daniele de Souza Siqueira, Heloísa Mara Batista Fernandes de Oliveira, Margareth de Fátima Formiga Melo Diniz, Hilzeth de Luna Freire Pêssoa, Abrahão Alves Oliveira Filho

Resumo


O uso de produtos naturais na Odontologia constitui uma alternativa viável e eficaz na prevenção e combate de diversas patologias da cavidade oral, destacando-se o citronelal e seus enantiômeros pertencentes ao grupo dos monoterpenos, proveniente do metabolismo secundário das plantas. Este composto já apresentou diversas atividades biológicas testadas e confirmadas tais como antimicrobiana. O presente estudo objetiva avaliar a atividade antibacteriana do monoterpeno (S)-(-)-citronelal contra cepas de Pseudomonas aeruginosa. Na metodologia utilizou-se a técnica de microdiluição seriada para a determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM) e a Concentração Bactericida Mínima (CBM). Em uma placa de 96 orifícios, foi adicionado caldo Mueller Hinton, o monoterpeno nas diferentes concentrações e o inocúlo das cepas bactérianas. A placa foi incubada a 37ºC durante 24-48 horas. Após a leitura da CIM, alíquotas de 20 μL foram retiradas de cada poço que não apresentou crescimento bacteriano, e transferidas para poços de uma nova placa, desprovidas de qualquer antimicrobiano, foi assepticamente fechada e incubada a 35 °C, e as CBMs foram registradas após 48 horas. Foi também realizado a Concentração Inibitória Mínima de Aderência (CIMA), através de uma simulação, in vitro, do biofilme dental. Os resultados obtidos para o monoterpeno testado foi de CIM100 igual à 512 μg/mL, apresentando assim efeito antibacteriano forte, porém não apresentou valores de CBM e mostrou-se efetivo na inibição de aderência da Pseudomonas aeruginosa até uma concentração de 1:8. Com base nos resultados conclui-se que o monoterpeno (S)-(-)-citronelal possui efeito bacteriostático e antiaderente efetiva sobre as cepas de Pseudomonas aeruginosa.




DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v1i18.5801

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362