DESEMPENHO DA APLICAÇÃO DE VINHAÇA POR SISTEMA DE IRRIGAÇÃO AUTOPROPELIDO NA REGIÃO DE BAMBUÍ – MG - BRASIL

Samuel Silva Reis, Paulo Ricardo Frade, Pâmela Rafanele França Pinto, Davidson Silva Ribeiro, Michael Silveira Thebaldi

Resumo


Em uma indústria localizada em Bambuí - MG, vinhaça é distribuída nas áreas de cultivo de cana por meio de fertirrigação, empregando-se o sistema de irrigação autopropelido. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho de um equipamento de irrigação por meio de autopropelido, a partir de duas formas de amostragem da lâmina precipitada, visando à otimização da lâmina de vinhaça aplicada, avaliando-se a uniformidade e a eficiência desse sistema. Utilizaram-se três indicadores de desempenho: o coeficiente de uniformidade de Christiansen (CUC), o coeficiente de uniformidade de distribuição (CUD) e o coeficiente de uniformidade estatístico (CUE). As eficiências calculadas foram a eficiência de irrigação (Ei), a eficiência de aplicação (Ea), a eficiência de distribuição (Ed), a eficiência potencial de aplicação (Eap) e a eficiência de armazenagem (Es). Para a determinação dos coeficientes e as respectivas eficiências, realizaram-se dois ensaios de precipitações, usando os coletores espaçados entre 4 e 8 m. Verificou-se que a distribuição da água de fertirrigação na área estudada encontra-se próximo aos valores recomendados pela literatura, porém, a eficiência de irrigação obtida foi baixa, com valores não recomendados para esse tipo de sistema, o que pode comprometer o desenvolvimento da cana-de-açúcar.


Palavras-chave


Eficiência; Fertirrigação; Uniformidade.



DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v1i18.5977

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362