CITOTOXICIDADE DO EXTRATO ACETATO DE ETILA DE PSIDIUM GUINEENSE SWARTZ EM CÉLULAS SANGUÍNEAS HUMANAS: UM ESTUDO IN VITRO

Camilla Torres Pereira, Maria Estella Torres Pereira, Karla de Lima Alves Simão, Bruna de Lima Alves Simão, Maria Alice Araújo de Medeiros, Millena de Souza Alves, Yanna Carolina Ferreira Teles, Aleson Pereira de Sousa, Cássio Ilan Soares Medeiros, Heloisa Mara Batista Fernandes de Oliveira, Abrahão Alves de Oliveira Filho

Resumo


A busca pela resposta de diversos males e doenças que acometem o ser humano, torna o uso das plantas medicinais cada vez mais difundidos e aplicados amplamente por grande parte da população mundial no tratamento de várias doenças, onde na maioria das vezes fundamenta-se em pressupostos de que os produtos naturais não causam danos à saúde. Diante disso, atualmente, há um elevado grau de preocupação com relação ao uso seguro dos extratos obtidos de plantas medicinais. Myrtaceae é uma família de plantas que no Brasil é constituída por 23 gêneros e 990 espécies, nesta está incluso o gênero Psidium, distribuído amplamente em todo o Brasil, neste gênero está presente a espécie Psidium guineense, conhecida popularmente como araçá, que na Mata Atlântica suas folhas são utilizadas como cicatrizante local, antiinflamatório e anti-séptico bucal. Este estudo teve por objetivo avaliar a citotoxicidade do extrato acetato de P. guineense em células sanguíneas humanas para que possa se determinar a toxicidade teórica desta planta. Para a realização dos estudos de atividade citotóxica foram preparadas suspensões sanguíneas com sangue humano A, B e O, que foram misturadas a diferentes concentrações do extrato acetato de etila por 60 minutos e a hemólise quantificada por espectrofotometria em comprimento de onda de 540 nm. Conforme os resultados encontrados o extrato acetato de etila de P. guineense mostrou-se com baixa toxicidade frente aos eritrócitos humanos testados in vitro, sendo assim uma opção para indústria de fitoterápicos.

Palavras-chave


Plantas medicinais; Psidium guineense; Citotoxicidade; Eritrócitos.



DOI: http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v1i18.5994

Apontamentos



Indexado em:

Resultado de imagem para periodicos capes Latindex Harvester Ibict Pkp

 

 

Sumarios DOAJ LivRe Dialnet

 

EBSCO Funadesp

 

Resultado de imagem para crossref

 

 

ISSN: 1517-0276

EISSN: 2236-5362