A LENDA DE LAMBARI POR UMA PERSPECTIVA SEMIÓTICA: CONSTRUÇÃO DE SENTIDO, ORIGENS E IDEOLOGIA

Roberto Junho de Carvalho (UNINCOR)

Resumo


A teoria semiótica oferece dispositivos analíticos que permitem a compreensão textual desde a profundidade do texto até a sua superfície. Na superfície o texto se manifesta através da enunciação do discurso. É nesse nível que a análise semiótica pode, mais facilmente, apreender as ideologias contidas no texto, examinando-se os procedimentos de figurativização e tematização do discurso. No presente trabalho desenvolvemos uma breve reflexão sobre mito, lenda e crença e, amparados pelos fundamentos da teoria semiótica textual, buscamos estudar alguns aspectos da construção do sentido e algumas ideologias apreensíveis no nível discursivo do texto da lenda que conta a origem da cidade de Lambari. Os textos utilizados consistem nas duas versões da lenda, encontradas em Carrozo (1985) e Martins (1971).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN  1807-9717


Indexado em:

                                        Capes    Latindex     Pkp     Ibict     Sumarios
     
 
                                                     DOAJ      LivRe           Dialnet
   
                               EBSCO     Funadesp      
 
 
                                        Harvester