CONTOS AMAZÔNICOS: OBRA REGIONAL OU REGIONALISTA?

Rossana Rossigali (UCS)

Resumo


O objetivo precípuo do presente trabalho é deslindar a seguinte questão: a obra Contos amazônicos, de Inglês de Sousa, é regional ou regionalista? Para atingir tal propósito, os estudos de Pedro Barcia constituem-se na linha condutora da investigação. Para tanto, mister se faz esboçar uma visão geral do livro, para que se tenha um rol de elementos que possibilitem proceder a essa classificação. É necessário complementar essa visão geral com informações históricas, indispensáveis para o satisfatório entendimento de alguns contos, como, por exemplo, Voluntário e O donativo do Capitão Silvestre, procurando-se também, nesse contexto, observar a condição das personagens femininas na obra em apreço. Procura-se trabalhar, assim, na perspectiva de Ria Lemaire e Edgar de Decca, aliando a literatura à história.   


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN  1807-9717


Indexado em:

                                        Capes    Latindex     Pkp     Ibict     Sumarios
     
 
                                                     DOAJ      LivRe           Dialnet
   
                               EBSCO     Funadesp      
 
 
                                        Harvester