A RELAÇÃO COM O OUTRO: INTERTEXTUALIDADE, INTERDISCURSIVIDADE E A PRODUÇÃO DE SENTIDO NO TRAJETO DE MEMÓRIA

Sheilla Maria Resende

Resumo


O texto enquanto produto de ações discursivas necessariamente traz o Outro em sua concepção. Essa relação com o Outro pode estar materializada na superfície textual ou se fazer presente no embate dos sentidos advindos dessa superfície. Por sua natureza, essa relação pode ser categorizada, respectivamente, como intertextualidade e interdiscursividade. Tendo como respaldo teórico, principalmente, as contribuições de Ingedore Koch (2012, 2015) para a discussão sobre intertexto, e de Michel Pêcheux (1995, 1999) para a discussão acerca do interdiscurso, textos de gêneros diversos são trazidos para uma análise que visa lançar luz sobre o processo de produção de sentido nas práticas de linguagem. Ao fim, é possível concluir que o efeito de sentido de um texto repousa, especialmente, no confronto entre os sentidos, isto é, a nível conceitual, não material. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN  1807-9717


Indexado em:

                                        Capes    Latindex     Pkp     Ibict     Sumarios
     
 
                                                     DOAJ      LivRe           Dialnet
   
                               EBSCO     Funadesp      
 
 
                                        Harvester