LETRAMENTOS E DIZERES NO ÂMBITO DO AEE

Luciana Andrade Miranda

Resumo


Este estudo tem como objetivo abrir um espaço de discussão sobre os conceitos de letramento docente, relações de poder e formação discursiva. Para esse propósito, foram analisados dizeres de docentes que perpassam o contexto escolar de instituições educacionais municipais de Três Corações, mais especificamente, os modos de enunciar de dois profissionais que atuam no Atendimento Educacional Especializado (AEE). A premissa que orienta este estudo é a de que os professores lidam com a prática educativa subjacente somente à teoria. Nessa linha, permeia uma falta de operacionalização, o que desarticula a teoria do fazer docente. Nossa análise, de caráter linguísticotextual-discursivo, perpassou abordagens de Foucault (1996; 2014), Authier-Revuz (1990; 1998;
2004) e Maingueneau (1997), Street (2014), Soares (2014), Kleiman (1995). Com caráter qualitativoexplicativo, a nossa pesquisa apontou para uma cisão entre teoria e prática, o que desarticula o saberfazer docente. Os exemplos discutidos revelam que os saberes e as representações perpassam os mecanismos de enunciação dos educadores projetando múltiplos sentidos que são ancorados numa memória discursiva. Essa memória é resgatada por experiências e vivências, enquanto sujeitos em
construção.
PALAVRAS-CHAVE: Atendimento Educacional Especializado. Letramento. Discursos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN  1807-9717


Indexado em:

                                        Capes    Latindex     Pkp     Ibict     Sumarios
     
 
                                                     DOAJ      LivRe           Dialnet
   
                               EBSCO     Funadesp      
 
 
                                        Harvester