DIÁLOGOS SOBRE O “HABITAR”: UMA LEITURA DE E... FEITO DE LUZ, DE ANA CRUZ, EM CORRESPONDÊNCIA AOS PRESSUPOSTOS FILOSÓFICOS DE HEIDEGGER

Amanda Gusmão Santos (UNIMONTES)

Resumo


Resumo: A noção de pertencimento ao lugar de origem está arraigada à obra E... Feito de luz (1995), da autora mineira Ana Cruz, na qual o eu lírico retorna, por meio de um caminho memorialístico, ao seu passado no interior de Minas em busca de sua identidade. Paralela a essa leitura, observamos que as proposições do filósofo Martin Heidegger, em sua conferência Construir, habitar, pensa (1954), dialogam com os versos da autora mineira sob a perspectiva de que o “habitar” recolhe o sujeito ao seu interior a partir de sua identificação com o lugar em que se habita. Neste trabalho, portanto, analisaremos um recorte de poesias em consonância com a teoria de Heidegger. E, para a leitura e análise, faremos um estudo de cunho interpretativo-qualitativo, de caráter bibliográfico das poesias elegidas da obra selecionada.

PALAVRAS-CHAVE: Ana Cruz; E... Feito De Luz; Martin Heidegger; Habitar; Pertencimento.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN  1807-9717


Indexado em:

                                        Capes    Latindex     Pkp     Ibict     Sumarios
     
 
                                                     DOAJ      LivRe           Dialnet
   
                               EBSCO     Funadesp      
 
 
                                        Harvester