CARTAZES DOS PROTESTOS DE JUNHO DE 2013: REFLEXÕES SOBRE GÊNERO, FUNÇÃO E DISCURSO NAS TEORIAS LINGUÍSTICAS

Renan Mazzola (UNINCOR)

Resumo


O presente artigo propõe analisar o gênero, a função e o discurso dos cartazes empunhados pelos manifestantes nos Protestos de Junho, que emergiram em função do aumento das passagens do transporte público em vinte centavos. Para isso, mobilizam-se três mirantes teóricos do campo da Linguística para a compreensão do “cartaz de manifestação” como uma manifestação da linguagem que se enquadra em um gênero, possui uma função e integra um discurso específico no contexto da democracia brasileira. O primeiro mirante é a teoria dos gêneros de Mikhail Bakhtin; o segundo é o trabalho sobre as funções da linguagem de Roman Jakobson; e o terceiro, por fim, é o campo da análise do discurso representada aqui por Michel Foucault e Patrick Charaudeau.

Palavras-chave


Protestos de Junho; Cartaz de Manifestação; Gênero; Função; Discurso.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 1807-8591

Editora: Profa. Dra. Cilene Margarete Pereira (UninCor) - Período: 2010-2020

Editor: Prof. Dr. Luciano M. Dias Cavalcanti (UNICAMP) - Período: 2012-2020


Indexado em:

                           Capes        Latindex       Harvester        Ibict       Pkp
 
 
                                        Sumarios     DOAJ      LivRe           Dialnet
 
                               EBSCO       Funadesp