A SEMENTE DO DISSENSO: DISCURSOS SOBRE OS DIREITOS HUMANOS NA WEB

Francisco Vieira da Silva (UFERSA / UERN), Claudemir Sousa (UNESP)

Resumo


O objetivo deste estudo consiste em analisar os posicionamentos discursivos em torno dos direitos humanos em enunciados presentes na web, de modo a investigar que relações de saber-poder e vontades de verdade atravessam esses posicionamentos. Para tanto, analisamos duas materialidades disponíveis na web (uma postagem do blog do BG e um texto do site Justificando, além de seis comentários online, três de cada materialidade). O arcabouço teórico que orienta o presente trabalho repousa no âmbito dos estudos discursivos foucaultianos.  Do ponto de vista metodológico, esta pesquisa segue um viés descritivo-interpretativo de natureza qualitativa. As análises denotam a existência de embates discursivos na construção de vontades de verdade sobre os direitos humanos os quais, defendem, por um lado, que tais direitos sejam direcionados a uma parcela específica da população e, de outro, atestam o caráter coletivo dessas garantias.


Texto completo:

PDF

Referências


ALDÉ, Alessandra; ESCOBAR, Juliana; CHAGAS, Viktor. A febre política dos blogs, Revista FAMECOS: mídia, cultura e tecnologia, Porto Alegre, n.33, agosto 2007, p. 29-40. Disponível em: . Acesso em: 18 jan. 2020.

BENEVIDES, Maria Victoria. Educação em direitos humanos: de que se trata? In: BARBOSA, Raquel Lazzari Leite. (Org). Formação de educadores: desafios e perspectivas. São Paulo: Editora da UNESP, 2003. p. 309-318.

CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil. O longo caminho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

FISCHER, Rosa Maria Bueno. Trabalhar com Foucault: arqueologia de uma paixão. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Trad. Raquel Ramalhete. Petrópolis: Vozes, 1999.

FOUCAULT, Michel. A verdade e as formas jurídicas. Trad. Roberto Cabral de Melo Machado e Eduardo jardim Morais. Rio de Janeiro: NAU Editora, 2002.

FOUCAULT, Michel. Estratégia, poder-saber. Trad. Vera Lúcia Avellar Ribeiro. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006. (Coleção Ditos e Escritos; IV).

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Trad. Luiz Felipe Baeta Neves. 7. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 19. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2009.

FOUCAULT, Michel. O sujeito e o poder. In: DREYFUS, H. L.; RABINOW, P. Michel Foucault: uma trajetória filosófica para além do estruturalismo e da hermenêutica. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2009. p. 231-249.

FOUCAULT, Michel. Genealogia e poder. In: FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. São Paulo: Graal, 2013a. p 262-277.

FOUCAULT, Michel. Verdade e poder. In: FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Trad. Roberto Machado. 26. ed. São Paulo: Graal, 2013b. p. 35-54.

GUERRA, Paola Cantarini; GUERRA FILHO, Willis Santiago. Os direitos fundamentais não são direitos humanos positivados (e é bom para ambos que assim sejam), Revista Interdisciplinar de Direitos Humanos, Bauru, v.7, n.2, p. 195-214, jul./dez. 2019. Disponível em: . Acesso em: 18 dez. 2020.

MARMELSTEIN, George. Curso de direitos fundamentais. São Paulo: Atlas, 2008.

MELLO, Thiago. Faz Escuro Mas eu Canto. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009.

MILANEZ, Nilton. O lampejo do sentido: indícios do retorno a si com Borges e Foucault. In: TFOUNI, Leda Verdiani; PEREIRA, Anderson de Carvalho; MILANEZ, Nilton. (Orgs.). O paradigma indiciário e as modalidades de decifração nas Ciências Humanas. São Carlos: EdUFSCar, 2018. p. 75-96.

VIEIRA, Hector Luís Cordeiro. Direitos humanos, racismos e cotas raciais: a construção de uma democracia antirracista com base em reconhecimento e consideração, Perseu: história, memória e política, São Paulo, n. 17, Ano 12, p. 61-89, 2019. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2020.

OLIVEIRA, Fabiana Leci de; CUNHA, Luciana Gross. A legitimidade das leis e das instituições de justiça na visão dos brasileiros, Contemporânea, São Carlos, v.7, n.2, p. 275-296, jul./dez. 2017. Disponível em: . Acesso em: 19 jan. 2020.

SOUSA, Claudemir; SILVA, Francisco Vieira da. 'Bandido bom é bandido morto': a discursivização do linchamento como estratégia de controle social. Intersecções, Jundiaí, v. 19, p. 116-132, 2016.

REZIO, Leonardo Luiz de Souza; FERNANDES, Eliane Marques da Fonseca. Direitos humanos e biopolítica: o olhar crítico de Michel Foucault. In: SOUSA, Kátia Menezes de; PAIXÃO, Humberto Pires da. (Orgs.). Dispositivos de poder/saber em Michel Foucault: biopolítica, corpo e subjetividade. São Paulo: Intermeios; Goiânia: UFG, 2015. p. 63-75.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 1807-8591

Editora: Profa. Dra. Cilene Margarete Pereira (UninCor) - Período: 2010-2020

Editor: Prof. Dr. Luciano M. Dias Cavalcanti (UNICAMP) - Período: 2012-2020


Indexado em:

                           Capes        Latindex       Harvester        Ibict       Pkp
 
 
                                        Sumarios     DOAJ      LivRe           Dialnet
 
                               EBSCO       Funadesp