ESCRITA LITERÁRIA ENQUANTO MANIFESTO E OS CACOS DE SONHOS EXPRESSOS NAS CARTAS DE UMA EX-PRISIONEIRA POLÍTICA

Janaína Buchweitz e Silva (UFPel)

Resumo


O presente artigo propõe uma reflexão teórica sobre as cartas da ex-prisioneira política Lúcia Maurício, que foram publicadas em formato de livro no ano de 2015 sob o título Cacos de sonhos: cartas de uma ex-prisioneira na Vila Militar (1971-1974). Entendendo a prática da correspondência como uma forma de escrita de si, em que o ato de escrita funciona como um exercício pessoal, onde quem escreve se manifesta ao outro, mas também a si mesmo (Foucault, 1992), e observando os apontamentos da narradora que testemunha o que não é dito no discurso dos vencedores e dominadores, as cartas de Lúcia demonstram um ângulo de visão de um grupo que foi reprimido pelo discurso dominante e que tem hoje, através da divulgação das cartas, a oportunidade em se fazer presente e em se constituir oficialmente enquanto parte da história, o que não era possível no momento em que as cartas foram escritas, ou seja, a divulgação das cartas da ex-prisioneira política são uma forma de se “escrever a história a contrapelo” (Benjamin, 1996) e de se contribuir para a democratização da escrita da história, além de operarem como uma manifestação cultural que visa à denúncia de um período da história do Brasil em que os direitos humanos foram suspensos.


Palavras-chave


escritas de si; cartas; testemunho; presos políticos

Texto completo:

PDF

Referências


BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Obras Escolhidas Vol 1. Tradução Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1996.

BETTO, Frei. Cartas da prisão. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.

FOUCAULT, Michel. A escrita de si. O que é um autor? Lisboa: Passagens, 1992. Disponível em: . Acesso em: 9 de dez. de 2019.

KAFKA, Franz. Carta ao pai. Tradução e posfácio Modesto Carone. 18ª reimpressão. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.

MAURÍCIO, Lúcia Velloso. Cacos de sonhos: cartas de uma ex-prisioneira na Vila Militar (1971-1974). Rio de Janeiro: Ponteio Edições, 2015.

NUNES, Clarice. Amanhã será outro dia! Cacos de sonhos: cartas de uma ex-prisioneira na Vila Militar (1971-1974). Rio de Janeiro: Ponteio Edições, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 1807-8591

Editora: Profa. Dra. Cilene Margarete Pereira (UninCor) - Período: 2010-2020

Editor: Prof. Dr. Luciano M. Dias Cavalcanti (UNICAMP) - Período: 2012-2020


Indexado em:

                           Capes        Latindex       Harvester        Ibict       Pkp
 
 
                                        Sumarios     DOAJ      LivRe           Dialnet
 
                               EBSCO       Funadesp