A DENÚNCIA DO FEMINICÍDIO NOS CONTOS “A CURVA”, “ÀS MOSCAS” E “O DEMÔNIO QUANDO QUER FICA BONITO”, DE HENRIETTE EFFENBERGER”

Sebastião Bonifácio Júnior (UEL), Desiree Bueno Tibúrcio (UEL)

Resumo


Analisamos, neste artigo, os contos A curva, Às moscas e O demônio quando quer fica bonito, da escritora brasileira Henriette Effenberger, sob o viés da denúncia do feminicídio pela literatura de autoria feminina. Para tal, seguimos, principalmente, as perspectivas dos textos teóricos O femicídio na ficção de autoria feminina brasileira, de Carlos Magno Gomes, As vozes da violência na cultura brasileira contemporânea, de Tânia Pelegrini, Violência doméstica contra as mulheres no Brasil: avanços e desafios ao seu combate e Feminismo em movimento – sendo ambos de Lia Zanotta Machado –, dentre outras produções relacionadas aos estudos feministas. Adotamos, portanto, o objetivo de demonstrar que a representação do feminicídio, nos textos literários da autora, vai ao encontro da defesa dos direitos humanos pela arte das palavras. 


Palavras-chave


Direitos Humanos; Literatura de autoria feminina; Representação do feminicídio; Contos; Henriette Effenberger.

Texto completo:

PDF

Referências


BEAUVOIR, Simone. O segundo sexo. Trad. Sérgio Milliet. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1970.

BOURDIEU, Pierre. Meditations pascaliennes. Paris: Seuil, 1997.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. Trad. Maria Helena Kühner. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

BRASIL. Lei nº 13.104, de março de 2015. Altera o art. 121 do Decreto Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal, para prever o feminicídio como circunstância qualificadora do crime de homicídio, e o art. 1º da Lei nº 8.072, de 25 de julho de 1990, para incluir o feminicídio no rol dos crimes hediondos. Disponível em: . Acesso em: 25 de fev. de 2020.

CANDIDO, Antonio. A nova narrativa. In: _____. A educação pela noite e outros ensaios. 1ª ed. São Paulo: Ática, 1987, p. 212-13.

CANDIDO, Antonio. Direitos Humanos e literatura. São Paulo: Brasiliense, 1989.

CANDIDO, Antonio. O direito à literatura. In: _____. Vários Escritos. 3ª ed. São Paulo: Duas Cidades, 1995, p. 169-191.

EFFENBERGER, Henriette. Linhas Tortas. Bragança Paulista: ABR Editora, 2008.

EFFENBERGER, Henriette. Fissuras. Guaratinguetá: Penalux, 2018.

FRANCO JUNIOR, Arnaldo. Operadores de leitura da narrativa. In: _____. Teoria literária: abordagens históricas e tendências contemporâneas. 3ª ed. Maringá: Eduem, 2009, p. 33-58.

GARCIA, Dantielli Assumpção; SOUSA, Lucília Maria Abrahão e. A sororidade no ciberespaço: laços feministas em militância. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 44, n. 3, set./dez. 2015, p. 991-1008, 2015. Disponível em: . Acesso em: 21 de fev. de 2020.

GOMES, Carlos Magno. O femicídio na ficção de autoria feminina brasileira. Estudos Feministas, Sergipe, v. 22, n. 3, set./dez. 2014, p. 781-794, 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 de fev. de 2020.

MACHADO, Lia Zanotta. Violência doméstica contra as mulheres no Brasil: avanços e desafios ao seu combate. In: _____. Cartilha Violência Doméstica: Protegendo as Mulheres da Violência Doméstica. 3ª ed. Brasília: Fórum Nacional de Educação em Direitos Humanos, 2006, p. 14-18.

MACHADO, Lia Zanotta. Feminismo em movimento. 2ª Ed. São Paulo: Francis, 2010.

PELLEGRINI, Tânia. As vozes da violência na cultura brasileira contemporânea. Crítica marxista, Campinas, v. 21, nov. de 2005, p. 132-153, 2005. Disponível em: . Acesso em: 20 de fev. de 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 1807-8591

Editora: Profa. Dra. Cilene Margarete Pereira (UninCor) - Período: 2010-2020

Editor: Prof. Dr. Luciano M. Dias Cavalcanti (UNICAMP) - Período: 2012-2020


Indexado em:

                           Capes        Latindex       Harvester        Ibict       Pkp
 
 
                                        Sumarios     DOAJ      LivRe           Dialnet
 
                               EBSCO       Funadesp