VIOLÊNCIA DOMÉSTICA NO ROMANCE A DANÇA DOS CABELOS, DE CARLOS HERCULANO LOPES: UMA LEITURA A PARTIR DOS DIREITOS HUMANOS

Terezinha Richartz (UNINCOR)

Resumo


Em 1948, o Brasil assina a Declaração Universal dos Direitos Humanos, assumindo assim, o compromisso de fazer com que os Direitos Humanos sejam respeitados em território nacional. Nesse contexto, dentre alguns grupos minoritários, as mulheres têm direitos humanos violados quando sofrem violência, incluindo a doméstica que é contemplada nos enredos, através de tramas que enfatizam relacionamentos conjugais opressivos e violentos. Para tanto, objetiva-se nesse artigo, analisar o Romance “A dança dos cabelos”, de Carlos Herculano Lopes, a partir da perspectiva dos direitos humanos, discutindo-se a violência doméstica sofrida pelas personagens femininas no romance, com atenção especial aos relacionamentos abusivos vivenciados por essas personagens no modelo patriarcal de familia. Outrossim, o enredo aponta para casamentos não consensuais, arbitrários, pautados pela violência física, sexual, moral, psicológica e patrimonial, que de uma maneira geral, mostram que a mulher não tem seus direitos humanos respeitados, por serem obrigadas a servir vontades impostas pelo marido.


Palavras-chave


literatura; direitos humanos, A dança dos cabelos; Carlos Herculano Lopes; patriarcado.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado, 1988.

BRASIL. Lei Maria da Penha. 6. ed. Brasília: Câmara dos Deputados, 2019. (Série legislação; n. 279).

BADINTER, Elisabeth. Um é o outro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. Tradução Maria Helena Kuhner. 2. ed. Rio de Janeiro: Beertrand Brasil, 2002.

CANDIDO, Antonio. Literatura e sociedade. 9. ed. rev. e atual. São Paulo: Ouro sobre Azul, 2006. p. 13-50.

CURI, Juliana Araújo Simão. Direitos Humanos da mulher e a violência doméstica: uma análise no âmbito da comarca de Uberlândia. Âmbito Jurídico, 2011. Disponível em: < https://ambitojuridico.com.br/edicoes/revista-91/os-direitos-humanos-da-mulher-e-a-violencia-domestica-uma-analise-no-ambito-da-comarca-de-uberlandia/>. Acesso em: 10 mar. 2010

DAMATA, Roberto. Espaço, casa, rua e o outro mundo: o caso Brasil. In: A casa & a rua: espaço, cidadania, mulher e morte no Brasil. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1997. p. 33-70.

LOPES, Carlos Herculano. A dança dos cabelos . Rio de Janeiro: Record, 1993.

MINAS GERAIS. Escola de Formação em Direitos Humanos de Minas Gerais. Coleção Cadernos de Direitos Humanos: Cadernos Pedagógicos da Escola de Formação em Direitos Humanos de Minas Gerais. Belo Horizonte: Marginália Comunicação, 2016. (Vol. 1)

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Declaração Universal dos Direitos humanos. 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2020.

PONTUAL, Helena Daltro Lei Maria da Penha. Agência Senado, [2006?]. Disponível em: < https://www12.senado.leg.br/noticias/entenda-o-assunto/lei-maria-da-penha>. Acesso em: 20 jan. 2020.

RICHARTZ, Terezinha. As três Isauras: memórias da violência patriarcal em A Dança dos Cabelos, de Carlos Herculano Lopes. Revista Recorte, Três Corações, v. 16, n. 1, p. 1-14, jan./jun. 2019.

ROCHA-COUTINHO, Maria Lúcia Rocha. Tecendo por trás dos panos: a mulher brasileira nas relações familiares. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.

SAFFIOTI, Heleieth I. B. O poder do macho. São Paulo: Moderna, 1987.

SAFFIOTI, Heleieth I. B. Gênero, patriarcado, violência. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2004. 151 p. (Coleção Brasil Urgente).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 1807-8591

Editora: Profa. Dra. Cilene Margarete Pereira (UninCor) - Período: 2010-2020

Editor: Prof. Dr. Luciano M. Dias Cavalcanti (UNICAMP) - Período: 2012-2020


Indexado em:

                           Capes        Latindex       Harvester        Ibict       Pkp
 
 
                                        Sumarios     DOAJ      LivRe           Dialnet
 
                               EBSCO       Funadesp