ENTRE A FORMA E A IRONIA: SOBRE UM CONTO DE RUBEM FONSECA

Wellington Ricardo Fioruci (UTFPR)

Resumo


O artigo analisa o conto de Rubem Fonseca intitulado “*** (ASTERISCOS)”, pertencente à coletânea Lúcia McCartney (1967). Nesta que é sua terceira obra publicada já se notam alguns aspectos fundamentais de sua poética, destacando-se, para este estudo, o uso da ironia e da experimentação com as fronteiras da narrativa. No enredo, discute-se a encenação de uma peça teatral, cujo conteúdo e posições do fictício diretor apontam para a construção de um discurso irônico em relação à própria arte e seus agentes culturais como o artista, a crítica e o espectador. O texto lança mão de diversos gêneros que, de forma justaposta, dão corpo à narrativa, sem que haja um narrador no papel de intermediador entre texto e leitor. Valoriza, dessa forma, a função deste ao convidá-lo e provocá-lo para a interpretação dos signos textuais. O conto aproxima-se, portanto, da poética pós-moderna, vertente que explora os limites da arte e da representação na contemporaneidade por meio de recursos como a ironia, a proliferação de signos, a ambiguidade e a ruptura com o narrador clássico.


Palavras-chave


Rubem Fonseca; conto; ironia; narrador; pós-modernismo.

Texto completo:

PDF

Referências


BARTHES, Roland. Análise textual de um conto de Edgar Allan Poe. In: . Semiótica narrativa e textual. Trad. Leyla Perrone Moisés et al. São Paulo: Cultrix, 1977, p. 36-62.

BOSI, Alfredo. O conto brasileiro contemporâneo. 16. ed. São Paulo: Cultrix, 2015.

CANDIDO, Antonio. A nova narrativa. In: . A educação pela noite e outros ensaios. 2. ed. São Paulo: Ática, 1989, p. 199-215.

ECO, Umberto. Entre a mentira e a ironia. Trad. Eliana Aguiar. Rio de Janeiro: Record, 2006.

FIGUEIREDO, Vera Lúcia Follain de. Lúcia McCartney ou as relações intransitivas. Matraga. Rio de Janeiro: IL-UERJ, v.2, n.2/3, maio/dez. 1987, p.30-35.

FIGUEIREDO, Vera Lúcia Follain de. Literatura e cinema: interseções. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea. Brasília, 2011, n.37, pp.13-26. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2316- 40182011000100013&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 20 jul. 2020.

FONSECA, Rubem. Bufo & Spallanzani. São Paulo: Companhia das Letras, 1991.

FONSECA, Rubem. Diário de um Fescenino. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2003.

FONSECA, Rubem. Lúcia McCartney. 5. Edição. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1987.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. 7. ed. Trad. Luiz Felipe Baeta Neves. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

HUTCHEON, Linda. Poética do pós-modernismo: história, teoria, ficção. Trad. Ricardo Cruz. Rio de Janeiro: Imago, 1991.

JOSEF, B. O espaço da paródia, o problema da intertextualidade e a carnavalização. Tempo

brasileiro: sobre a paródia, Rio de Janeiro, n. 62, p. 53-70, jul-set. 1980.

LAFETÁ, João Luiz. Rubem Fonseca. Do lirismo à violência. In: . A dimensão da noite. São Paulo: Duas cidades/Editora 34, p. 372-394.

LEITE, Bruno Ricardo de Souto. Um artesão de matrioshkas: ficção histórica e

metaficção em Rubem Fonseca. 2014. Dissertação de Mestrado (Programa de Pós-graduação em Letras). UFPB, João Pessoa, 2014.

LUCAS, Fábio. Fronteiras imaginárias: crítica. Rio de Janeiro: Editora Cátedra, 1971.

PELLEGRINI, Tânia. Despropósitos: estudos de ficção brasileira contemporânea. São Paulo:

Annablume/Fapesp, 2008.

PEREIRA, Aline Andrade. Os não-lugares de Rubem Fonseca: um caso único de onipresença invisível na literatura brasileira. Terceira Margem. Rio de Janeiro, agosto/dezembro 2009, N. 21, p. 25-35.

PEREIRA, Maria Antonieta. No fio do texto. A obra de Rubem Fonseca. Belo Horizonte: UFMG, 2000.

PETROV, Petar. O realismo na ficção de José Cardoso Pires e Rubem Fonseca. Algés: DIFEL, 2000.

SANTARRITA, Marcos. O fenômeno Rubem Fonseca. Jornal do Comércio. Rio de Janeiro, 28/12/1969, s/p.

SANT’ANNA, Sérgio. A propósito de Lucia McCartney. Minas Gerais, Suplemento Literário. Belo Horizonte, n.177, 17/01/1970, p.12.

SANTIAGO, Silviano. O narrador pós-moderno. In: Nas malhas da letra: ensaios. Rio de Janeiro: Rocco, 2002, p.44-60.

Leia mais: https://planetadoconhecimento.webnode.com.br/news/rubem-fonseca/

SCHØLLHAMMER, Karl Erik. Ficção brasileira contemporânea. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009.

VIDAL, Ariovaldo José. Roteiro para um narrador: uma leitura dos contos de Rubem Fonseca. São Paulo: Ateliê editorial, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN: 1807-8591

Editora: Profa. Dra. Cilene Margarete Pereira (UninCor) - Período: 2010-2020

Editor: Prof. Dr. Luciano M. Dias Cavalcanti (UNICAMP) - Período: 2012-2020


Indexado em:

                           Capes        Latindex       Harvester        Ibict       Pkp
 
 
                                        Sumarios     DOAJ      LivRe           Dialnet
 
                               EBSCO       Funadesp