MÉTODOS DE ESTIMATIVAS DOS PARÂMETROS DA DISTRIBUIÇÃO LOG-NORMAL A 3 PARÂMETROS PARA A PRECIPITAÇÃO MÁXIMA DIÁRIA EM MUNICIPIOS COM MÉDIO A ALTO POTENCIAL EROSIVO

Rosângela Francisca de Paula Vitor MARQUES, Carlos Rogério de MELLO, Camila FRANCO Silva FRANCO, Alisson Souza de Souza de OLIVEIRA, Eliana ALCANTRA

Resumo


Estudos probabilísticos de variáveis hidrológicas, como a precipitação pluvial máxima diária anual, constituem em um importante elemento de apoio para o planejamento e a gestão de recursos hídricos, principalmente no que diz respeito ao estudo de precipitações intensas, as quais apresentam um potencial erosivo. Neste contexto, objetivou-se analisar o desempenho da distribuição Log Normal a 3 parâmetros, os quais foram ajustados pelos Métodos dos Momentos (MM) e da Máxima Verossimilhança (MV), aplicadas sobre as séries históricas de precipitação diária máxima anual de 7 estações pluviométricas em regiões com elevado risco potencial erosivo, em Minas Gerais, obtidas do HIDROWEB/ANA com pelo menos 33 anos de observação. Para a verificação da melhor estimativa dos parâmetros dos métodos utilizados, foram aplicados os testes de aderência de Komolgorov Smirnov, Anderson Darlling e Qui-quadrado. Não se pode identificar qual o melhor método de estimativa dos parâmetros, porém ao se comparar os testes de aderência, o qui-quadrado é o mais restritivo com porcentagens de adequacidade 71,3% para os dois métodos de ajuste, devendo o mesmo ser tomado como base para os estudos, principalmente quando associados ao risco do potencial erosivo de uma precipitação.

Palavras-chave


Distribuição de Probabilidade. Eventos extremos. Testes estatísticos não paramétricos. Método dos Momentos. Método da Máxima Verossimilhança.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5892/st.v1i1.4392

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


                                           

                        

ISSN 2526-690X