Políticas Editoriais

Foco e Escopo

 

A revista recorte é uma publicação semestral on-line, aberta a pesquisadores interessados em linguagem, cultura e discurso. Associada ao Departamento de Letras da UninCor/Três Corações, prioriza publicações teórico-analíticas de acordo com os eixos seguintes: (1) Teorias do Texto e do Discurso; (2) Práticas Sociais da Linguagem; (3) Literatura, História e Sociedade; (4) Manifestações Culturais e Sociedade. Inclui em suas áreas de interesse estudos da produção e recepção de textos de gêneros diversos, considerando seus diferentes suportes, relações, processos e mecanismos de textualização e discursividade, bem como estudo de formações discursivas em suas modalidades de representação literária e não literária, tendo em vista especificidades de representação e relações de ordem histórica, política e cultural. Publica trabalhos originais na forma de artigos e resenhas, sem custo algum para seus articulistas e leitores. A revista não cobra taxas de sumbissão e publicação, e possui acesso livre e gratuito. Seus editores são a Profa. Dra. Cilene Margarete Pereira (editora principal), desde 2010 e o Prof. Dr. Luciano Marcoas Dias Cavalcanti (coeditor), desde 2012. 

 

 

Políticas de Seção

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos Dossiê "Coisas de Minas"

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Outros artigos

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos Dossiê “Pelos Caminhos da Canção: Estudos sobre a Canção Popular Brasileira”

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos Dossiê "Coisas de Minas II"

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos Dossiê “Viagens Literárias, Viagens Linguísticas”

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê “Leitura de Poesia Brasileira”

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Apresentação

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Varia

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê “Texto e Imagem”

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Dossiê “Coisas de Minas III”

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos "DOSSIÊ ESTUDOS DA MEMÓRIA: REPRESENTAÇÕES EM PRODUÇÕES CULTURAIS E MIDIÁTICAS BRASILEIRA "

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos Dossiê “Coisas de Minas IV”

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos Dossiê "Direitos Humanos: reflexões em produções culturais e midiáticas brasileiras"

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

A Comissão Editorial encaminhará os trabalhos para, pelo menos, dois membros do Conselho Editorial ou pareceristas ad hoc. A avaliação dos artigos é feita por pareceristas, sem identificação do nome do autor do artigo, garantindo o processo de isenção e anonimato. Caso haja discordância dos dois pareceres sobre a publicação do artigo, o mesmo é enviado a um terceiro parecerista, a fim de uma conclusão final sobre a aprovação ou reprovação. Depois da análise, será emitido parecer, aprovando a publicação do artigo (com ou sem modificações) ou reprovando. No caso dos trabalhos aceitos para publicação, os autores poderão introduzir eventuais modificações a partir das observações contidas no parecer.

 


 

 

Periodicidade

Publicação semestral eletrônica.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.